Qualidade e Biossegurança

HISTÓRIA

MISSÃO, VISÃO E VALORES

POLÍTICA DA QUALIDADE E BIOSSEGURANÇA

“O LACEN-PA assegura a qualidade dos ensaios e a credibilidade e confidencialidade dos seus resultados, visando atender e satisfazer os seus usuários, mediante a correta aplicação dos métodos analíticos preconizados, do cumprimento dos requisitos da legislação e das normas nacionais, das políticas e da documentação do Sistema de Gestão da Qualidade e Biossegurança e do compromisso com a melhoria contínua das práticas laboratoriais e de biossegurança.”

 QUALIDADE E BIOSSEGURANÇA

  • O QUE É
  • OBJETIVOS DA QUALIDADE E BIOSSEGURANÇA

 Superar o nível de satisfação dos nossos clientes quanto à qualidade técnica das análises realizadas assim como do atendimento prestado;

  • Entregar laudos de resultados em tempo hábil ou dentro dos prazos acordados com os clientes;
  • Acompanhar e dar suporte as Vigilâncias em Saúde;
  • Aprimorar a qualificação técnica dos colaboradores através do Plano Anual de Capacitação do LACEN-PA;
  • Implantar e promover a melhoria contínua dos resultados dos controles internos e externos de qualidade nas análises realizadas no LACEN-PA, assegurando a confiabilidade dos resultados;
  • Conquistar a habilitação de qualidade dos ensaios realizados junto aos organismos habilitadores reconhecidos nacionalmente;
  • Assegurar medidas de Biossegurança a fim de eliminar ou minimizar os riscos aos quais os colaboradores e clientes estão expostos;
  • Assegurar e manter condições de trabalho que motivem os colaboradores a desenvolverem suas atividades de forma integrada às normas de Qualidade e Biossegurança.
  • EQUIPE
  • EDUCAÇÃO
  • ATIVIDADES
  • CIBIO
  • Plano de gerenciamento de resíduos em serviço de saúde – PGRSS
  • LEGISLAÇÃO
  • SASST

Qualidade e Biossegurança

O Sistema de Gestão de Qualidade e Biossegurança (SGQB) é desenvolvido na instituição por um setor específico denominado Coordenação da Qualidade e Biossegurança. Esta coordenação tem a responsabilidade de implementar, manter e promover a melhoria contínua das atividades do SGQB no LACEN-PA em conjunto com a alta Direção, Chefias Técnicas das Divisões de Biologia Médica, Análise de Produtos, Entomologia e todo o corpo técnico da instituição.

 Área
As atividades do SGBQ aplicam-se a todas as unidades organizacionais do LACEN-PA.

 Equipe
Atualmente a equipe é composta por 01 farmacêutica generalista e 03 farmacêuticas-bioquímicas: Otávia Brito, Valéria Veiga e Valnete Andrade, esta última atuando como coordenadora, 01 técnico de laboratório e 03 agentes administrativas: Carla Câmara, Cátia Sousa e Najla Otero.

Atividades

  • Coordenar a implementação, o desenvolvimento, e o processo de melhoria contínua do SGBQ do LACEN;
  • Assessorar a Direção nas questões relativas ao SGQB em geral;
  • Assessorar a Divisão da Rede Estadual de Laboratórios de Saúde Pública para implantação/ implementação dos requisitos da Qualidade e Biossegurança na rede de laboratórios do estado;
  • Orientar técnica e administrativamente o pessoal do LACEN, em questões relativas ao SGQB;
  • Representar o LACEN em reuniões relativas à sua área de atuação;
  • Criar mecanismo para assegurar o cumprimento dos objetivos estabelecidos pelo SGQB do LACEN;
  • Coordenar a Comissão Interna do Sistema de Gerenciamento da Qualidade e Biossegurança – CIGQB.
  • Coordenar as atividades relativas ao Sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial – GAL na Rede de Laboratórios do Estado.

 Clientes
Clientes internos: Direção, Divisões de Biologia Médica, Análise de Produtos, Entomologia, Administração em Serviços, Administrativa e Financeira e Rede de Laboratórios.

 Legislação
Como laboratório de referência estadual em análises de média e alta complexidade e SGQB, o LACEN-PA deve obedecer a legislação pertinente às suas atividades, a qual varia entre Leis, Normas, Resoluções, entre outras. Destacam-se entre elas:

  • ABNT NBR ISO/IEC 17025 – Requisitos gerais para competência de laboratórios de ensaio e calibração;
  • ABNT NBR NM ISO 15189 – Laboratórios de análises clínicas: Requisitos especiais de qualidade e competência;
  • Portaria Nº 3.204, de 20 de outubro de 2010 – Aprova Norma Técnica de Biossegurança para Laboratórios de Saúde Pública;
  • Resolução – RDC/ANVISA nº 302, de 13 de outubro de 2005;
  • RDC nº 306, de 07 de dezembro de 2004;
  • Norma Regulamentadora (NR) 6 Equipamento de Proteção Individual;
  • NR 07 – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional;
  • NR-9 Programa de Prevenção de Riscos Ambientais;
  • NR-32 Segurança e Saúde no Trabalho em Serviço de Saúde 2005

Além das expostas, são atendidas legislações locais vigentes e específicas para cada análise.

 Gerenciamento
Valnete das Graças Dantas Andrade.

 Fale conosco
Tel: (0xx91) 3202-4906, e-mail: qualidadelacenpa@hotmail.com